BANDA PELO MENOS

terça-feira, 3 de julho de 2018

TINO



TINO!
Comedimento e simplicidade
Tato sobrepondo-se à lucidez e à razão
Minha paixão, meu engano.
Nessa mesma descrição
Sem nem uma pretensão
Tens a cor vermelha da cereja,
nos teus lábios de paixão...
Meu juízo minha luz
Nos conselhos meditados
Resguardado e vigilante
Do pecado anunciado.

Escrito em 09 de dezembro de 14, por Orlando Oliveira.
ORLANDO S OLIVEIRA
Enviado por ORLANDO S OLIVEIRA em 29/12/2014
Código do texto: T5084717
Classificação de conteúdo: seguro

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

NORMAS E LOUCURA.


NORMAS E LOUCURA.


A loucura é tudo que foge às normas,
O que é fora do comum é extravagância.
Precisamos desligar das normas;
Enquanto caminhamos e cantamos,
Seguimos as canções indesejadas...
Precisamos de mais loucos nas ruas!
Suas extravagâncias libertam os sonhadores
Extravasando no amor loucos de paixões.
Um louco faz descoberta e se doa ...
Os loucos não medem seus passos
Os loucos têm muito a nos ensinar!
Os loucos são inteligentes, são mestres.
Nas minhas crises de insanidades;
Estou desatrelando meu caçuá;
Pesado de carregar injustiças;
Restos de construções inacabadas...
Os loucos namoram, sonham, beijam, cantam;
Fazem a arte dos absurdos e vagueiam sorrindo.
É pena que somos minorias.

Escrito por Orlando Oliveira em 15 de julho de 2016.
ORLANDO S OLIVEIRA
Enviado por ORLANDO S OLIVEIRA em 04/10/2016
Código do texto: T5780673
Classificação de conteúdo: seguro




























DIÁLOGO E POESIA.

DIÁLOGO E POESIA.

Há momentos em que não quero lembrar;
Há pensamentos em que não devo revelar;
Há palavras que não posso deixar de dizer.
Há história que não se deve brotar;
Há saudades que não dá para disfarçar.

Deixei no ar o que fiz e o que não fiz.
Afinal, toda mudança nos causa uma
certa insegurança.
É hora de apagar o abajur e sonhar.
Quer sonhar?  Feixe os olhos,
Imagine o céu e conte estrelas.
Encantado é como fico olhando as estrelas,
Lá estão todos os meus sonhos.

Hoje te desejei muito mais que um amigo;
Hoje te desejei no abraçar de almas;
Almas que se amam.
Almas que se tocam em energia senoidal.
Hoje te desejei no subconsciente de um arco-íris.
Hoje te desejei só, apenas eu e você.

O desejo é a arte do sonhador.
Em certos momentos, sonho com energia.
Assim é o conteúdo dos meus sonhos.
Cada um tem suas voltagens, cada voltagem
Suas intensidades de temperatura,
Sonho com as letras que fogem de um determinado
Dicionário e se juntam formando uma poesia.

É nesse momento que desperta no coração do poeta
a magia da criação.
A luz divina irradiada feito flecha de fogo
Essa que queima seu celebro em erupção vulcânica.
Hoje sonhei que te tinha nos braços,
Acordei com um anjo olhando para mim.

O mundo se torna pequeno quando seu
coração é do tamanho dos seus sonhos.

Escrito em 14 de outubro de 2016, por Orlando Oliveira.
ORLANDO S OLIVEIRA
Enviado por ORLANDO S OLIVEIRA em 26/12/2016
Reeditado em 04/01/2017
Código do texto: T5863505
Classificação de conteúdo: seguro
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja 
dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto das
Letras de Orlando Oliveira.)
. Você não pode fazer uso comercial
 desta obra. Você não pode criar obras derivadas.