BANDA PELO MENOS

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

SEDE

Sede!

Quero o nome da rosa... Ametista
Quero tua ousadia, tua alegria.
Quero a muda, outra vida, você.
A mudança, o fogo feito labaredas.
Que queima corpos enquanto se banham.
Em cachoeiras, feito chuva de champanhe.
De límpidas águas, no sol da espera.
As circunstâncias dos contrastes
Da mata verde, com o azul do lago.
Rendo-me mediante condição.
A última dança nesse salão
Ainda havia muitas valsas
Chegou de última hora
Chegou sorrindo e perguntou.
Ta rindo de mim?
Não rindo pra você.
Pois ter você quem dera!
Tua voz é par mim melodia
Teu sim é poesia, teu não é implosão.
Feita placa de pare e siga
Livre estar verde para amar
Pare obrigado esperar.
Com o poder de girar o mundo ou fazer o mundo parar.
Em cada olhar o mundo sai do lugar
E quanto mais fico longe aumenta a vontade de chegar,
por que ainda é primavera e  ter você quem dera.
Pra minha cede saciar.

Escrito em 24/10/2012, por Orlando Oliveira.
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/3950345



LANDO CURSO DE BRIGADA

 SELMA
GELMA
SOLÂNGE

 SIMONE
TIA DINELZA
DONA DILZA E SEU ALOISIO

 PAIS DE LUCAS
 MINHA PRINCESA LUMA DE OLIVEIRA
PRIMAS

 WESLEI COM SUA PRINCESA
 LANDO,CESAR, RUI E RÓ
 TIO LENO, LANDO CESAR, RUI, MARCOS, RÓ, LUIZ
 EUGÊNIA CANTANDO
 MIGUEL, SUA MÃE SUELEN E LANDO
 JOUBER
 SORRISO LINDO
 PEDRO
 A ALEGRIA EM PESSOA
 CANTORA DA BANDA PELO MENOS, EU E SUELY
 PARA ALEGRAR A FESTA
 SILVANA
 DEISE E LANDO
 VAMOS CANTAR
 UM TOQUE DE SURDO PRA ALEGRAR COM OUTRO ESTILO
FAMILIA BUSCA PÉ, LANDO, EU, LANDINHO, TETEU, LUMINHA, DOCINHO, DALILA, CLEO



 Comentários
18/12/2012 15:58 - Talipaula
Poéticas palavras tenho encontrado em seus textos. Sempre que puder vou passar por aqui. Obrigada pela leitura e seja bem vindo sempre!
  


25/10/2012 20:42 - EDSON PAULUCCI
AEEEEEE ORLANDÃO! FÉRA! PARABÉNS PELA OBRA PRIMA. MEU ABRAÇO.

24/10/2012 19:25 - jcoelho
Parabéns, amigo Orlando, belo poema, um forte abraço.

24/10/2012 19:17 - Nara Lúcia
Lindos versos poeta. Parabéns!

APENAS BEBADO!

APENAS BEBADO!

Hoje não tenho nada para escrever
Acontece que eu acabo de dialogar com tristeza.
Tomei duas ou três latas de cerveja
Estou bebendo e escrevendo
Acabo de ligar para um amigo que está completando anos hoje
Desejei a ele tudo de bom e um feliz aniversário.
Marcamos para tomar uma, outro dia
Estou tonto e pensativo
Estou triste e leso
De minha cabeça não sai nada romântico
Queria eu compor aquela musica
Onde fala de amor
O amor correspondido
Mas meu estado de embriagues não deixa
Devo me culpar por isso?
Meu coração só pensa nela
Ou melhor, nelas, minha gatinha de estimação.
Estou vivendo um momento decisivo de minha vida
O nada é nada que tenho na mente
Minha filosofia é amar
Amar e amar.
Amo a me mesmo, ou não?
Será que vou sobreviver sem nem um arranhão?
Ainda tem mil coisas a serem feitas
A casa pra terminar
O carro pra pagar
A faculdade que ainda ta só no começo
Meu avião não voa
Mina conta atoa.
Mas o solto estar limpo...
Não quero mais que meu cachorro faça xixi lá
Coloquei um papel de proteção
Por quanto tempo?
Respiro fundo e da vontade de dormir
Queria amar, mas quem?
Queria sorri do que?
Queria você cadê?
Contento-me com o silêncio
Ou o zumbindo dos meus ouvidos
Estou pegajoso, vou me molhar.
Um pássaro descansa no fio de alta tensão
Queria ser um pássaro...
Meu gato comeu um pássaro
Coitado do pardal
Voava livre... Seria feliz? Não sei!
No meu entender todos os pássaros são felizes
Minha avó me disse para que eu estudasse
só assim seria livre...
Eu só queria namora
Lembrei-me daquele amor que mim encantou
Que me encanta até hoje
Paixão de carnaval
Que quando não passa é lembrada em qual quer machinha
Minha vida é andar por esse pais disse Luiz Gonzaga
Minha vida é lembrar de ser feliz disse eu
É minha felicidade, onde encontro?
Será que estar nos livros que não li?
Será feita um balão que cruza os oceanos?
Minha felicidade está no meu coração.
Tenho um, e quem me conhece sabe que tenho.
Às vezes ele para, tem preguiça de bater
As vezes bate tão forte, que eu que sou seu dono estanho.
A cerca elétrica tremula feito bandeira em mastro retumbante
Que retumba, que ressoa, que ribomba.
Nossa como meu pescoço dói
Deve ser a postura de assentar
Estou ferido e fedendo
Estou tonto e de barriga cheia
Estou cansado e acordado
Estou morto e vivendo
Estou sóbrio e tonto
Estou só e cheio de pensamentos
Meu Deus, onde estais?
Escuto no fundo do meu eu
Do teu lado meu filho.
Conforto-me, viro bem devagarzinho e não o vejo.
Mas escuto sua voz
Canta uma canção em inglês
Não estudei essa lição
Mas me convence é Deus mesmo
Será que estou no céu?
Não apenas bêbado.

Escrito por Orlando Oliveira em 17 de outubro de 2012.

http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/3937763


 JOÃO PAULO E WAGNE
 PRIMAS DE JOÃO PAULO
GASPAZINHO E LANDO
O CARINHO DE GASPAZINHO COM SUA TIA E PRIMA


Comentários
17/10/2012 16:11 - Jasper Carvalho
Tem vezes que estamos assim mesmo, faz bem limpar os ranços da alma! Lamber nossa feridas, enfim desabafar! Mais a mente é Um hotel um hospedeiro, nela vem os hóspedes que fazem loucuras, o importante é sempre não mante-los alojados e vem e passam o importante é deixar passar! a mente tem que permanecer vazia tudo passa por ela filtramos as coisas boas e os maus vão com ps hóspedes! Creio assim querido poeta Orlando! Palavras são cplírios para o corpo e a mente! Grande e forte abraço Saúde Jasper

CONFLITO

 
 Conflito

Em determinada situação delicada
Em que a lei foi solicitada
Em prol de um entendimento
Por determinação do momento
Faz-se necessário a reparação
Do erro, da mágoa, do capricho, da vingança.
Incrustada no coração de um pobre ser, o supervisor.
Que da terra nada leva
A não ser o ódio que cultivou...
Da hortaliça venenosa que brotou
Das ações e atitudes determinantes,
enquanto estava no auge do poder.
Não sabendo ou não apostando
No amadurecimento do fruto mal
Que acabara de colher.
O homem e seus conflitos
Seu antagonismo, sua hostilidade.
Oposto de sinergia.
O cinismo, o descaramento.
Indiferentes ao sofrimento alheio.
Abertamente aperta a mão feita a de Judas.
Com seu sorriso sádico
Em pleno controle sobre sua vítima.
Usando de métodos e ferramentas a tortura
Para seu deleite.
Prejudicando o crescimento de seu subordinado
Tirando-lhe o mérito, o reconhecimento e principalmente,
subtraindo seus vencimentos.
São essas as situações vividas de trabalhadores
que são assediado moralmente por seus supervisores.
Mas hoje aguarda por sua sentencia
Da ação civil e da justiça feita para a ouvidoria,
do assédio moral vivido.

Escrito em 17 de outubro de 2012, por Orlando Oliveira.









 LANDO, JOUBER NA VIOLA, SILVANIA E A NOMORADA DE JOBER
 LANDO E PEDEIRA, PEDRO
 SILVANIA, LANDO E PEDRO
 PINÓQUIO DO ARCODEON, BOM CAMARADA TOCA MUITO
 ENTÃO VAMOS TOMAR UMA
 FOTO COM JOBER E SUA NAMORADA
 CLOSE PARA MAIS UMA FOTO
 EU JÁ PRA LÁ DE BAGDÁ
ÓTIMA FESTA COM OS AMIGOS,GRAÇAS A DEUS TUDO CERTINHO.

ACREDITO

Acredito

Alguma coisa é verdadeiro autêntico.
No meu coração alguma coisa brandir
Minha mente, meu espírito se completam
Com a confiança.
Acredito no amor, acredito em você Arnaldo
Acredito no gênero da humanidade
Acredito em todos os planetas
Corpos celestes, luz próprias, você tem.
Desimpedido de outros corpos em seu caminho,
nada o faz parar.
Sua alta estima seu valor, sua arte...
Teu sorriso, teu movimento, tua expressão!!!
Nada de contrafeito, muito menos artificial
Vibra com o olhar, com seu sorriso
Teu carisma, teu beijo.
Teu abraço, tua musica vem muito antes de
deferir o golpe, pois em tua mão brandia com
sua viola, sua arma mais secreta, teu tesouro
aos olhos de quem te aplaude e baba sua alegria
de platéia.
Nasceste como irmão do sol, reluz tão como...
Notabiliza-se, irradiar caloríficos, em sentido centrífugo
Capitula, arrasta, atrai, cultiva cativa e agrada, sem esforço.
Pois tens o dedo de Deus em teu coração.
Onde estiver fazendo o que for, serás abençoado ao
ponto de disseminar alegria e paz.
Meu AMIGO Arnaldo, FELIZ ANIVERSÁRIO,
salve 28 de outubro de 2012.

Escrito por Orlando Oliveira em 28 de outubro de 2012



http://www.recantodasletras.com.br/homenagens/3957242


 ARNALDO ESSA HOMENAGEM É PARA VOCÊ
 PARABÉNS ARNALDO
 FOTO COM ARNALDO E SEU FILHO
 AFINANDO O VIOLÃO, SID SEM CAMISA E O IRMÃO DE ARNALDO
 CHEGA A FOTO, KD, KKKKKKKKK
 BOTECO DO ARNALDO
 CERVEJA PERSONALIZADA
 COMEÇANDO
 AQUI EU, KKKKK NA ZABUMBA PEDRO, NA VIOLA ARNALDO NO PANDEIRO LANDO E NO TRIÂNGULO JOUBER
 FOTO COM MEU AMIGO PAPEL
 VAMOS GENTE QUE SÓ TENHO CINCO MINUTOS, VOU TRABALHAR
 AI SID, VALEU ARNALDO, FUI JOBER
 MAIS UMA FOT AUTOMÁTICA.
 PAPEL  NO VOCAL
PÉ DE PEDRA

Adicionar legenda
PÉ DE PEDRA
PÉ DIREITO
MÃE E FILHO DE UM SÓ PÉ
PÉ DE MONSTRO


Comentários


28/10/2012 23:29 - EDNA LOPES
Acreditar no bom e belo da vida faz um bem enorme!Abraço!!