BANDA PELO MENOS

sábado, 19 de maio de 2012

Manjar dos deuses!


lando na foz do rio são franscisco
artezanato em plena foz
MEU BROTHE, EU E JANINE AO FUNDO
FOTO DOS NATIVOS AS MARGEM DO VELHO CHICO
LEMBRANÇAS FORTES ESSES COUQUEIROS NA FOZ DO VELHO CHICO
JANINE E SEU LINDO SORRISO
A PAISAGEM É LINDA E O AMOR TAMBÉM
FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
NATIVO DO VELHO CHICO
FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
FOTO DE EUGÊNIA
LUMA DE OLIVEIRA
LINDA
MUITO LINDA

CIDADE DE PENEDO

Manjar dos deuses!


Eu vou desnudar-te, usando do artifício da palavra
Dos argumentos a leveza da arte
Arte essa de por o verbo para sentir
Toda suavidade de sua pele.

Como faz um deficiente visual
Experimentarei teu perfume
Depois de te render aos meus caprichos
De homem que deseja de presente o seu sim.

Quero mergulhar bem no seu secreto
E misterioso mundo, do seu corpo,
como um bote certeiro
De uma fera faminta.

Homem que surpreende
Que dar prazer
Que inovar com as atitudes
Deixando sempre no ar o mistério,
o charme e o galanteio.

Guardarei de uma vez toda minas mágoas e
saciarei de beijos aquela mulher amada.
Fazendo parar o tempo até ficarmos sonolentos
Sem fôlego, coberto de muito suor.

Suor esse que escorre dos corpos nus
Passando do estresse a leveza e relaxamento da face
Provocando silencio e sorrisos de quero mais.


Orlando oliveira em 12 de dezembro de 2010

http://www.recantodasletras.com.br/contos/2792561


23/02/2011 11:26 - Millarray
Descrição feita com elegância e delicadeza na escolha das palavras. Lindo texto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário