BANDA PELO MENOS

quinta-feira, 5 de julho de 2012

LÚDICO


 LÚDICO



ORNAMENTAÇÃO E FANTASIA

 BRINCADEIRA DE CRIANÇA

 SONHO DE CRIANÇA


LUMA DE OLIVEIRA NO ALTO SONHANDO

 MINHA PRINCESA LUMA DE OLIVEIRA

 O ABRAÇO DO LANDO

POMBA VÔO,     POMBA VÔO
 QUERENDO SER MODELO
 MINHA VERDADEIRA ARTISTA LUMA DE OLIVEIRA
 QUADRILHA DO COC
 ORNAMENTAÇÃO DO SÃO JOÃO NO COC COLÉGIO SÃO PAULO
 
Lúdico


Meu prazer, nosso prazer, minha infância , minhas brincadeiras com os amigos.
Belisco de pato, tromba de elefante, belisco de elefante, mas elefante não belisca, então vinha um coise, patada  traseira  atribuída a quem com sua ansiedade se distraia e cometia erros.
Tempos de adolescência intricado quebra-cabeça porem lúdico.
Ao grito de pomba vôo! Corriam a se esconder e virava uma festa quando todos eram descoberto e o último virava o touro, fechando o circulo da brincadeira. O  objetivo principal que era o prazer, concorrido e numerosos participantes.
Havia uma dispulta de inteligência e liderança, mas sempre na total harmonia.
Conhecimentos particularizados dos passos e ordens, experiência da essência sentida, recordada e registrada para futuras pesquisas.
Brincar de sempre a carniça é boa? Sempre!
Nem sempre a carniça é boa? Nem sempre!
Mordida de urubu!
Belisco de gafanhoto!
Passeio de formigas!
Beijinhos de namorados!
Cada macaco no seu galho, pomba vôo, pomba vôo.

Era com essa alegria que passávamos horas e horas na rua, sempre depois do café e só voltávamos para casa depois de muito suor no corpo e com o sentimento lúdico para um banho frio e uma cama confortável que nos esperava.

Escrito em 06 de julho de 2012, por Orlando Oliveira.

http://www.recantodasletras.com.br/poesiasrecordativas/3762863

2 comentários:

orlando disse...

PARA OS NAMORADOS
Quem tem namorada é a mesma coisa de ver uma bela paisagem, é um prato cheio pra inspiração do poeta. Quem ama de verdade se doa, nunca deixa de sorri e de poetizar.

Escrito em 12 de junho de 2012, por Orlando Oliveira

orlando disse...

12/06/2012 14:47 - Gecildamaria
Belíssimo! Se foi uma homenagem...feliz da homenageada. O que seríamos sem o amor? O que mais sustenta o meu desejo de amar, é saber que sempre virá outro ...mais forte e mais profundo. Cheiro12/06/2012 13:58 - Amanda [não autenticado]
Com certeza, quem ama tem sempre uma bela inspiração...Comentar

Postar um comentário