BANDA PELO MENOS

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

UM NOVO SOL

Um novo sol!

Conheço teu calor
Conheço teu amor
Conheço tua boca
Conheço teu sorriso
Conheço teu suor
O abraço que arrepia
Da saudade que não mata,
mas corroí feito maresia.
Feliz é aquele que tem consigo o dom da paciência
Pois o simplesmente esperar é uma prova de amor
Que é recompensado com o carinho do amor verdadeiro
Da paixão que alimenta a falta
Do fogo que nada apaga
Nem a tempestade de chuva e nem o tempo que voa
Pois o resultado do amor é feito o brilho das estrelas
Na pele umedecida do suor do seu rosto.
Contrastado com o por do sol
Próximo ao último adeus.
Se prometendo a felicidade do nascer de um novo sol.

Escrito em 28 de agosto de 2012, por Orlando Oliveira.


 LANDO, EUGÊNIA E ARTUR








Comentários

01/09/2012 10:25 - Gilvania do Monte
Lindo demais, abraços...!

30/08/2012 10:24 - Oliveira Rosa
BOM DIA!......ROMANTISMO E SENSIBILIDADE EM BELOS VERSOS, PARABÉNS!..OBRIGADA PELA INTERAÇÃO NO POETRIX(NUA) JÁ ESTA POSTADO....UM FORTE ABRAÇO.

29/08/2012 13:37 - edna fialho
Talento, sensibilidade e palavras tecidas com carinho e suavidade. Parabéns!

28/08/2012 19:15 - Cecília Blue
Sua poesia é suave, romântica, e verdadeira. Apreciei-a bastante. Parabéns! Boa noite, abraços.

28/08/2012 19:13 - PauloRobertus
Parabéns pelo talento, bela poesia, obra valorosa.Meu recanto te aguarda, explore-o como achar melhor, a casa é sua, faça de le seu cantinho.Grde abraço.

Um comentário:

orlando disse...

Colheita
Coração enraizado
Plantado em um jarro solitário
Aflora suas primeiras flores
Onde os frutos serão colhidos em breve.

Escrito em 25 de dezembro de 2011, por Orlando Oliveira.

Postar um comentário