BANDA PELO MENOS

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

METAS DE AMAR!

Metas de Amar!

O que aconteceu com o amor?
No começo era novidade, aprendemos amar e
retribuir o amor. Compartilhamos dificuldades
e juntos superamos obstáculo numa boa...
Vencemos, mas sempre de mãos dadas.

Hoje só... A estrada é cumprida, carregada de
pedras nos sapatos, os mesmos sapatos já gastos.
O que não sai da mente é o cheiro, o odor já
misturando e agradável ou acostumado...
Será que esse cheiro já se misturou ao ponto
de não mais identificarmos de quem é quem?
Seja o que for a situação ta ficando delicada frágil.

É como se o tempo parasse...
Não quero, mas quero...
Não gosto, mas gosto...
Não agüento, mas posso esperar...
Ai quanta duvida e o tempo não para, nem deve, pois os frutos crescem e logo estão maduros e se os frutos já estão maduros, imagine a mãe mangueira e quanta sombra e abrigo têm...

Acolhe tudo e todos aqueles que alimentam-se dela. Por sua experiência e sabedoria é muito cobrada... Amamos tantos que nos esquecemos de nos amar. A vida toda a se doar, aonde a compreensão só vem com os frutos dos frutos.
O amor ainda vive, sobrevive e nunca morre.
Às vezes tímido que ainda agrada só me resta
à meta que é nunca deixar de amar.
“Minha meta é nunca para de amar”.

Escrito em 20 de janeiro de 2013, por Orlando Oliveira.



GATA DALLILA
DE RITINHA PARA A EU
NOSSA QUE PASSARINHO GRANDÃO
ARNALDO COM SUA VIOLA, SABE MUITO
RÓ E LUIZ
EUGÊNIA E SUELY E DEPOIS NÃO DICA QUE NÃO SÃO CANTORAS
JOUBER E SUA GATA
SILVANIA
O SORRISO E LANDO
RÓ E ANDRÉIA
Comentários 
 

21/01/2013 17:40 - Jasper Carvalho
Ah! eu nobre amigo Orlando, O amor realmente tem razões que ap´ropria razão desconhece o importante. como bem destacastes no eflúvio final de tua bela poesia é nunca deixar de amar, pois quem deixa de amar não vive. Belíssimos exórdio meu amigo. Grande abraço abençoada semana JC


21/01/2013 09:24 - geraldinho do engenho
vale a pena refletir, e seguir sua meta meu caro amigo...Parabéns e meu abraço fraternal!


20/01/2013 21:26 - Luisella
Caro Orlando,o seu pensamento vai além da beleza e da reflexão, pura verdade! Beijo


20/01/2013 17:41 - Oliveira Rosa
Boa tarde!.....belos são seus versos e mui reflexivos.....te deixo o meu cariho


20/01/2013 17:30 - Marta Cavalcante Paes
Orlando amigo da poesia seu texto é de uma reflexão tão impar que eu nem me atrevo a comentar. Menino nem querer querendo digo que METAS DE AMOR ,ficou simplesmente MARAVILHOSO. Desejos boas metas em tua vida. Parabéns pela sensibilidade de sua alma. Abraço poético.


20/01/2013 08:06 - Jacó Filho
Belíssimo em todos os sentidos... Adorei... Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...


20/01/2013 06:42 - Rinedualc
é meu amigo muitas coisas acontecem e nos surpreendem e eu fico cá com meus pensamentos: o que aconteceu com os amantes? belo olhar poético.. bom dia..abraços

Nenhum comentário:

Postar um comentário