BANDA PELO MENOS

sábado, 31 de agosto de 2013

AMOR DESCARTADO!

   AMOR DESCARTADO!

    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA 
      "O COQUEIRO"
  Meus olhos!
  Os mesmos olhos tímidos, fundos
  Que de sede brota em águas, cítricas
  Aquele que os revelam, amores
  Tudo que nivela ou equipara, dores
  Acanhado, retraído agora, frio

  Morrendo minhas esperanças, lanças
  Comparando com o dia de ontem, avante
  As minhas pegadas rasas, cansadas
  Nessa trilha de espinhos e dor, tal
  Nas armadilhas traiçoeiras, da vida
  Minhas rezas em fé ajoelhados, castigados

  Marcando terrenos em covas, rasas
  Com cruzes cravadas na terra, homenageiam
  Guerreiros com ideologias e suas ideias, mil
  Caminhos estreitos em histórias, brio
  Os amores descartados em oceanos e mares,
  imaginário
  No espelho meu olhar se apresenta, fixo

  Meu rosto molhado registra, é notado
  Em voz brado, levada pela ventania, ecoa
  A sombra da catingueira, descanso
  Abrigado do sol ao leu, do norte
  Fome e sede, amor é sorte, destino
  Vida de peleja e amores descartados agora,
  sem beijos nem abraço.


Escrito em 30 de agosto de 2013, por Orlando Oliveira.

http://bandapelomenos.blogspot.com.br/
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 30/08/2013
Reeditado em 30/08/2013
Código do texto: T4458385
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra, Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.





Comentários

30/08/2013 23:40 - Adriano J Santos
Boa noite, amigo! Tiro o boné para esta
composição.
Bem escrita, e num ritmo que encanta.
 Sinceros Parabéns! Um grande abraço.

30/08/2013 12:16 - Cle
OLá querido amigo concordo com a poetisa
Rosa o destino as vzzzzz nos prega cada peça,
temos que estar com nosso coraçao forte para
saber lidar com elas , bravooooooooooooooooo
oooooooooooooooo
oooooooooooooooooooooooooooooooooooo
bjjjjjjjjjjjjj no seu coração e um lindo e belo
fim de semna, bjjjjjjjjjjjj no coração Cle

30/08/2013 11:13 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia. Cada pessoa que
 passa em nossa vida leva um pouco de nós e
ficamos também com um pouco dela. A dor é
o vazio deste pedaço que se foi talvez seja isso
que precisa ser descartado. Parabéns pela linda
elaboração poética. Abraço poético

30/08/2013 10:37 - Rosa das Oliveiras
As armadilhas do destino são muitas,
versos sensível e intensos, parabéns
pela maestria do teu versejar.....
Bom dia a você!!!

30/08/2013 09:35 - Ilmar
Excelente, amigo! Parabéns!

30/08/2013 08:18 - MarleneToledo
Bom dia...primorosos versos,encantou-me,se
puder visite-me,receba meu abraço e carinho

30/08/2013 07:19 - JOANA RODRIGUES
Amei. Linda construção poética.
 Impressionou-me  profundamente.
Agradeço pela linda visita, volte sempre.

30/08/2013 04:16 - zemary
Parabéns. Lindo texto.Leia, se puder,
 sufocada.
Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
495 textos (15431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente -
 última atualização em 31/08/13 07:13)
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    "O MASSUNIN"
    FOTO DE EUGÊNIA OLIVEIRA
    " ESTRADA DE CANIDÉ DE
     SÃO FRANCISCO"
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    " O CACTUS"
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    " BICO DO FALCÃO"
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    " RIO SÃO FRANCISCO"
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    "CÂNEOS DO SÃO FRANCISCO"
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    "PAREDE ROCHOSAS DO
     SÃO FRANCISCO"

    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    "CACTUS DA BARRAGEM
      DA USINA DE XINGÓ"

 FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
    "VERGULINO FERREIRA
     "O LAMPEÃO"


 FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
     "SÃO JORGE"

    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
   " CARRO DE BOI"
   FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
   "MOQUECA DE SURUBIM AO
    MOLHA DE CAMARÃO"
    SEJA BEM VINDO
    FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
     IGREJA NO ALTO DA CIDADE
     DE PIRANHAS-AL
   ARTESANATO DA CIDADE
   DE PIRANHAS AL

Um comentário:

orlando disse...

Poucas Palavras!

São com elas que conseguimos dizer muito com poucas palavras.

Orlando Oliveira em 27 de abril de 2011

Postar um comentário