BANDA PELO MENOS

sábado, 19 de outubro de 2013

COPULAR!

COPULAR!

 
 
Delineação inicial de uma arte!
Fazer amor é uma arte;
Desejar o bem também é arte...
São formas de amar!
Amar é copular e copular é acepção
Um simples ato de ligar ao telefone,
unir dois extremos em um só corpo
Irmanando em diálogos para um fim
colóquio entre pessoas gabaritadas.
É sentir o prazer só no olhar; no ouvir,
no sorrir, é dividir emoções agradável
de inúmeros estados de ânimos,
despertados por sentimentos luminosos.
É parar, é pensar, é se reconhecer
É se doar...
Asseverei minhas convicções e
copularei na vida a cada interação,
envolvendo o coração como fonte
inicial de todo orgasmo!
Vivenciando e dividido entre meus
olhos e os olhos de quem me veem,
sendo mero espectador ou testemunha
de mais um ato de amor.
Desenhar poesia e pintar tela imaginária
de sonhos de amor entre eu e você!
Isso também é copular.


Escrito em 16 de outubro de 2013, por Orlando Oliveira
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 16/10/2013
Código do texto: T4528430
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra. Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.






Comentários

18/10/2013 15:55 - Rosa das Oliveiras
É sim poeta e ficou divino a tua inspiração,
aplausos e muitos....
abraços e uma tarde abençoada a você!!

17/10/2013 18:18 - Jô Pessanha
Desenhar poesia na tela mágica da imaginação
e sentir o amor fluir copular o pensar e produzir
poesias mil. Aplausos e um abração.

17/10/2013 11:04 - Ilmar
Brilhante! Criativo demais, amigo!

16/10/2013 23:14 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia.
É lindo saber e compreender que o ato de
copular seja algo tão simples e puro.
Parabéns pela linda inspiração. Abraço poético
 
Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
527 textos (16185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/13 11:59)
 
   Sempre de braços abertos pronto para abraçar
   o mundo
   Abrir os braço e acolher a paz.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário