BANDA PELO MENOS

segunda-feira, 7 de julho de 2014

POETA VIVO

POETA VIVO

 
Aquele que tem faculdades poéticas
e se excita na poesia do seu eu!
Eu queria um “A” para juntar-lo com
o teu “B”
Eu queria um “C” para transformá-lo
em coragem...
E no rosto, transmitir simpatia, vida!
Enquanto poeta me julga.
É preciso navegar mesmo não
concordando com o itinerário.
Qualquer indivíduo tomado como
ponto de referência como os imortais
da literatura são de relevância impa.
É preciso calar os ouvidos para as
provocações!
É preciso elogiar para satisfazer o ego.
É preciso sorrir de si mesmo e amar
antes de tudo.
É preciso sobreviver às tempestades
e superar as faltas.
Poeta vivo é aquele que esbarrar em
sua própria arte e faz impugnação
enquanto vivo se ampare.

Escrito em 28 de junho de 2014, por Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 30/06/2014
Reeditado em 30/06/2014
Código do texto: T4863721
Classificação de conteúdo: seguro



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ENDEREÇO DA OBRA. RECANTO DAS LETRAS DE ORLANDO OLIVEIRA.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.








Comentários

05/07/2014 19:41 - roselves Alves
É nessa sensibilidade que também mergulho na poesia.
Amigo Orlando...
você recebeu algum outro áudio meu além do ;
 Tempo de amar ? Preciso saber,
pois teve alguns amigos que não receberam.
Grato! Abraço.

05/07/2014 10:42 - MarleneToledo
Bom dia Orlando,maravilhosa poesia,
onde sensibilidade e sentimentos se
encontram em profusão...
parabéns pela belíssima inspiração meu amigo,
um abraço

03/07/2014 15:37 - poeta José
POxa as palavras jorraram com muita
intensidade e brilho...
Parabéns amigo poeta...
Que alegria revelo tão bem...
deixo-lhe aqui um abraço de alegria com admiração...

02/07/2014 21:09 - ANA LUCIA S PAIVA
TODA ARTE TEM SEU CHARME.
É UM DOM SEGUNDO A MEDIDA
QUE RECEBEU DE DEUS.POR ISSO
 FICA FÁCIL APRECIAR E APROVAR.
AJUDA ATÉ NA AUTO ESTIMA.
UM ABRAÇO FRATERNO .BJS.

01/07/2014 17:13 - Artur Ghuma
Um belo discurso sobre o fazer poético.
 É isto, Ghuma

30/06/2014 22:39 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia.
Uma linda inspiração com a delicadeza de seu talento.
sensibilidade, o meu sorriso te acompanhou na sua poesia.
 Aplausos para maravilhosa beleza e inspirada criação.
Abraço poético

30/06/2014 15:08 - Lianatins
Você nos conquista sempre com
suas escritas sempre tão marcantes
e muitas inspirações poeta Orlando,
são realmente excelentes!Gosto de
tudo que escreve,
como essa belo pensamento,
parabéns! Um Abraço de Paz,Liana.

30/06/2014 09:59 - Angeluar
Salve...salve poeta!!!
Que lindo parece uma canção,
 amei ler-te. Bom dia! paz e harmonia.
abraços

30/06/2014 04:50 - Ilmar
Perfeita sensibilidade!
Parabéns, amigo! Um abração!

Sobre o autor

ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju - Sergipe - Brasil, 52 anos
670 textos (20284 leituras)
1 áudios (44 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente -
última atualização em 07/07/14 19:13)

Um comentário:

orlando disse...

REBENTO

Minha poesia é o rebento que fecha minha boca,
mas não cessa o meu pensar...

Escrito em 15 de outubro de 2013, por Orlando Oliveira.


ORLANDO DA BANDA PELO MENOS

Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 29/06/2014
Reeditado em 29/06/2014
Código do texto: T4862541
Classificação de conteúdo: seguro

Postar um comentário