BANDA PELO MENOS

sábado, 4 de abril de 2015

DESCANSO DE POETA




 

DESCANSO DE POETA

Poeta descansa nas palavras ainda não ditas
Nos lábios de margem carnuda e vermelha de
uma donzela;
No universo e no conjunto de tudo.
Nas sombras das roseiras floríferas, perfumadas.
Na ponta do lápis, na folha do papel cor do céu.
Descansa nos rubis, nas esmeraldas, nas safiras,
ametistas, e nos diamantes de amores vividos.
Nas águas cristalinas jorradas da nascente de
um sorriso; No sol que empolga o planeta.
Nas histórias vividas em felizes momentos...
Momentos de amor, de prazer e de vida.
Nas rochas resistentes a intemperes.
Na sombra de uma jaqueira;
E no som de uma viola ou da sua sanfona.
Nos poemas e contos de outros poetas;
Nos sonhos, nos campos e nas asas de
um beija flor.
Nas estrelas que brilham por entres as
brechas das nuvens escuras;
Nas gôndolas mais românticas de Veneza.
Na fé que deposita no Criador;
Na luz do renascimento de uma criança;
No doce, no mel que lambuza o corpo do desejo.
Nas pinturas traduzidas das paisagens.
No deserto da sua solidão.
Poeta nunca descansa! Toscaneja...
Entre um cochilar e outro renascem da
realidade ou na aparência de uma nova poesia.


Escrito por Orlando Oliveira em 24 de março de 2015

AGRADEÇO A TODOS PELAS INTERAÇÕES

"Geraldinho do Engenho"
E neste seu oásis de magia;
O poeta busca no verde sua poesia;
O verde que cobre a terra nua;
Após as chuvas que vão caindo;
O verde na esquina da rua;
Para o apressado com o sinal se abrindo;
Verdes ondas no alto mar;
Onde pela a sereia vai o pescador se enfeitiçar.

******************************

"IVAN"
Acorda Poeta!
Não é tempo de descansar!
Precisam de tua inspiração!
Vai trabalhar! Vai profeta!
Abre teu coração!
Deixa a brisa passar!
Leva contigo rimas e versos!
Liberta o Universo!
Semeia o Amor!
Acalma o espírito, cura a dor!
Seja o pregador! Da Boa Nova!
Leva o sorriso e a Paz renova!
Ivan.
********************************

ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 25/03/2015
Reeditado em 31/03/2015
Código do texto: T5183255
Classificação de conteúdo: seguro



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
 Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja
dado crédito ao autor original (Endereço da obra. Recanto das
 Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial
desta obra. Você não pode criar obras derivadas.








Enviar por e-mail
Denunciar



Comentários



31/03/2015 17:03 - Maria Aranilda de Araújo
BELÍSSIMO TEXTO AMIGO, 
PARABÉNS, PELO TALENTO.
TE APLAUDO DE PÉ!! E BELAS
INTERAÇÕES! TE CONVIDO A
OUVIR O MEU ÁUDIO,,,
ERA UMA VEZ,,,ABRAÇOS,
ARANILDA

30/03/2015 21:37 - Sô Lalá
O poeta também descansa nas
lembranças de seus antes queridos.
Um abraço e uma boa noite.

30/03/2015 19:28 - Ivan Boccanera
Acorda Poeta!.../
Não é tempo de descansar!/
Precisam de tua inspiração! .../
Vai trabalhar!/
Vai profeta!.../
Abre teu coração!.../
Deixa a brisa passar!/
Leva contigo rimas e versos!/
 Liberta o Universo!/
Semeia o Amor!/
Acalma o espírito, cura a dor!/
Seja o pregador!/
Da Boa Nova!/
Leva o sorriso e a Paz renova!/
 ......................../
Ivan Carvalho Boccanera./
 ......................../
Obrigado pelos comentários feitos ao
meu poema! volte Sempre!
 abraços fraternais! Ivan.

28/03/2015 17:01 - MarleneToledo
O poeta é mágico,transforma as ilusões
em realidade e sua realidade em poesia...
meu amigo,que texto mais significativo gente!!
Um grande e carinhoso abraço

26/03/2015 20:09 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia,
 O poeta descansa se inspirando,
 pois escrever poesia dá uma sensação
 boa na gente, uma sensação boa para alma,
à certeza de um dever cumprido, a
flora uma sensibilidade.
A inspiração desta vez veio com a força de
uma linda poesia declamada de tal maneira
que se transformou em uma maravilhosa
composição poética, descrita de forma
singular por você que nos emocionar.
Parabéns pela beleza de sua alma.
Abraço poético

26/03/2015 14:24 - geraldinho do engenho
E neste seu oásis de magia /
O poeta busca no verde sua poesia/
O verde que cobre a terra nua/
Após as chuvas que vão caindo/
 O verde na esquina da rua/
Para o apressado com o sinal se abrindo/
Verdes ondas no alto mar/
Onde pelaa sereia vai o pescador se enfeitiçar/
 ---Parabéns amigo e um abraço


Sobre o autor

ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju - Sergipe - Brasil, 52 anos
744 textos (22492 leituras)
4 áudios (113 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente -
última atualização em 05/04/15 01:58)
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
 
 
NA CASA DA SÔNIA SEXA FEIRA DA
PAIXÃO DE 2015
 
 UM BATE PAPO DESCONTRAIDO
LUMA E PETRÔNIO
 A GALERA PAPANDO AS guloseima DA SÔNIA
 UM SORRISO PARA A AFOTO
MARINA E A FILHA DE GABRIEL
 O CHARME DE DONA DILZA
 A MORAL DE TETEU
AS GATAS DO FUTURO
 LANDINHO PEGANDO A BOIA
 OLHA AI SELMA A FOTO
 DR PETRÔNIO SÓ OBSERVANDO
FISCALIZAÇÃO TOPADA
 DEUS É MAIOR, MUITA COMIDA GRAÇAS
 A DEUS.
 LÁ NO FUNDO A MENTORA, TONHA A MÃO
DE OURO
UM OK PARA FOTO SÔNIA
 VATAPA, CARURU, BOBO DE CAMARÃO,
ARATU E ETC.
 TONHA COM DOCINHO NO COLO E EUGÊNIA
SR ALOISIO E BISNETA MARINA
 LANDO E TALLITA
 MEU PRATO

2 comentários:

orlando disse...

INTUIÇÃO POETICA

Arremetidos os pensamentos
Que dar prazer em escrever
Místicas são as palavras
Reservadas do meu bem querer.

Amizades eternizadas!
Na gratidão dos carinhos devotos.
São pedaços de carne nobres,
São melodias suavizadas.

Só pode ser do coração
De onde vem toda canção
Ao sino do encanto
Nos oásis da invenção.

Usou como bússola a intuição
Por pura emoção poética
Entusiasmado com profunda beleza.
Superando toda graça ou intuição poética.

Escrito em 24 de março de 2015, por Orlando Oliveira.



ORLANDO DA BANDA PELO MENOS

Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 01/04/2015
Código do texto: T5191866
Classificação de conteúdo: seguro

orlando disse...


03/04/2015 16:44 - Lianatins

Quando refletimos sobre nossos sentimentos a nossa inspiração aflora cada vez mais,parabéns amigo poeta Orlando!FELIZ PÁSCOA com seus familiares,Liana.


03/04/2015 11:27 - Ivan Boccanera

Linda a tua intuição poética! Feliz Páscoa! Obrigado pelos comentários feitos ao meu poema! Volte Sempre! Abraços fraternos! Ivan


02/04/2015 20:47 - Rosa das Oliveiras

Maravilhosa obra poética amigo, emoção em lindos versos.....abraços e boa noite.


02/04/2015 10:51 - Ilmar

Primoroso trabalho, amigo! Mil aplausos! Um abração!

Postar um comentário