BANDA PELO MENOS

domingo, 19 de abril de 2015

NAMORAR É UMA POESIA


 

MINHA SOBRINHA LINDA
BARBARA E MEU CUNHADO
ABDIAS.

NAMORAR É UMA POESIA

Na mais complexa composição poética
Inspirada á contento do amor
Nas acomodações de corpos
Uma melodia a luz de velas
Arrimo de família, satisfação.
Namorar é uma poesia...
Quando o amor se faz único entre seres
Dois corações em sintonia
Mil apeteço de dois
São beijos apaixonados
São olhares infinitos
São silêncios intermináveis
São perguntas sem respostas
Apenas a satisfação se mistura a adrenalina
Estando muito bem acompanhado;
A discutir futuro entre palavras de amor.
Planos e planos exigindo a felicidade;
Essa por mais tempo, ou o tempo de Deus.
Namorar é uma poesia...
Aquela dos sonhos se realizando
Na pratica de mais uma composição.
Já se imaginando a próxima vez
Planos traçados na renovação da promessa
De não soltarmos as mãos.
Namorar é uma poesia...

Escrito em 27 de março de 2015, por Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 01/04/2015
Código do texto: T5191164
Classificação de conteúdo: seguro



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que
 seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra.
 Recanto das Letras de Orlando Oliveira.).
Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Você não pode criar obras derivadas.






Enviar por e-mail
Denunciar


Comentários

09/04/2015 15:26 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia.
O amor é para ser brindado com borbulhas de felicidades.
Namorar é uma poesia,
uma bela fantasia que faz a alma levitar.
Parabéns pela maravilhosa beleza de sua inspiração.
Abraços poéticos

05/04/2015 09:33 - Misrael
Com certeza, namorar com a pessoa amada é
a poesia em sua plena realidade.
Parabéns e um grande abraço.

03/04/2015 16:56 - Lianatins
Realmente "Namorar é uma Poesia",
é fazer pacto com a felicidade,
é nunca se cansar de dizer do amor
que sentimos pela pessoa amada...
é viajar nas estrelas em noites de luar,
caminhar de mãos dadas,e sentir atração a
 todo instante...
parabéns pela bela poesia amigo poeta
Orlando!Um abraço de paz e luz,Liana.

03/04/2015 09:53 - Manoel Fernandes
Perfeição de poema para o amor.
 Ficou uma belezura, poeta Orlando da banda

02/04/2015 10:51 - Ilmar
Doce metáfora, amigo! Sempre genial! Um abração!

Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju - Sergipe - Brasil, 52 anos
747 textos (22589 leituras)
4 áudios (113 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente -
última atualização em 19/04/15 13:47)
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
 
 MATHEUS, EUGÊNIA E LANDINHO.
 TETEU, A EU E LANDINHO
 LANDINHO E SUA TIA SELMA
 SÓ GENTE BONITA
 FAMÍLIA FELIZ
 LANDO COZINHADO DE AVENTAL NOVO.
 PORTA DO MOSEU DA ARTE SERGIPANA
 LANDO, DENIS, RÓ E FÁBIO
 AO FUNDO RIO SERGIPE E NA FOTO
 RÓ E ANDREIA COM MALU NA
 BARRIGA
 LANDO E LAMPIÃO
 ERICA E LAMPIÃO
 EU E LAMPIÃO
 NO MOSEU DE ARTE SEGIPANA
 NO FERREIRO COM AMIGOS
 LANDO E EUGÊNIA
 MEU AMIGO KAIAL
 RESTAURANTE BOTECO FERREIRO.
 DENIS E LANDO
 NA CAMA COM MEUS PAIS.
 RESTAURANTE DEPÃN
 LANDO E EUÊNIA COM RÓ E ANDRÉIA
 ALMOÇO NO BAR DO ARRUMADINHO
 O DOCE DE MÃE
 O SORRISO DISCRETO DE EUGÊNIA
 MAIS FOTO COM O TRIO
 DESTAQUE PARA A CANTORA DO FORRÓ
 TRAQUINO EGLASIA
 LANDO EGLASIA E RODRIGO
 RODRIGO E LANDO
 LANDO, EUGÊNIA E LANDINHO NA VIOLA
 LANDO E JOBERT
 
FORRÓ DO BOM COM SID, JOBERT E LANDO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário