BANDA PELO MENOS

domingo, 11 de dezembro de 2011


Colo de Mãe!

Um rosto triste hoje eu vi!
Um coração ferido, uma lagrima caindo.
Triste eu fiquei por dentro
Querendo sair do peito o coração ameaçava
Segurei a lagrima e não a deixou cair!
Sorri para atrair sorriso, foi a minha arma
Enfrentando a dor calado
O tempo passou não mais que algumas horas
O perdão, o filho suplicou
O sorriso da mãe brotou feito rosa ao amanhecer
Foi então que o coração acalmou, batendo agora no seu real compasso
Mas uma batalha vencida na arte de educar mas não a guerra.
Meu soldado de frente é Deus, é dele que sempre suplico e a ele meus agradecimentos
Mais uma experiência vivida
Com ela mil ensinamentos
Para você mãe de mais uma queda recebida, desejo o teu sorriso
e que em teu rosto ele encontre morada.
Como teu filho que jamais passou fome e frio por que sempre esteve a teu colo, pois a teu colo sempre vais encontrar o amor de mãe.

Escrito em 01 de novembro de 2011, por4 Orlando Oliveira


Nenhum comentário:

Postar um comentário