BANDA PELO MENOS

domingo, 11 de dezembro de 2011





Outros palcos!

É pra já
Prontamente a minha ansiedade seria resolvida
Pois a saudade já assola e a distância dos olhos que os vêem sem que te toque com as mãos corroem os meus.

No meu pensar ressoa através de suas pupilas da ires da cor dos seus olhos, o brilho, o pulsar do seu coração de mais um não, ou melhor, não deu.
Em meio o rosto que vira, pois já não tens mais coragem de encarar um ao outro.
Só resta o baile mestiçado de arte, teatro e poesia
Pois a festa continua ali! No meio da rua
Do elenco que reina habitante de mim recompondo pela presença da platéia. Os aplausos e os risos, o conformismo de que em breve a apresentação será em outros palcos, pois o desafio da vida é encontrar a verdadeira felicidade, sua independência mental e liberdade.
A próxima apresentação exige outro palco.


Escrito em 16 de novembro de 2011, por Orlando Oliveira.
http://www.recantodasletras.com.br/poesiasdeamor/3338486


Nenhum comentário:

Postar um comentário