BANDA PELO MENOS

sábado, 10 de março de 2012

DESEJO

VISTA DE PENEDO NO RIO SÃO FRANSCISCO




DESEJO

Será que a falta aumenta a saudade e com ela o amor também?
A última vez que te vi e quando te deixe fiquei sentindo sua falta
Será que a falta aumenta a saudade e com ela o amor também?
A última vez que te vi e quando te deixe fiquei me sentindo só ai...
Como te desejei! Como fez falta! Sonhei um sonho, que você estava
comigo naquela mansidão de distância e que lugar bonito!
Será que nunca vou ter você em um momento assim?
Mas sonhar pode e viver também e quem tem esperança, tem planos
 e todo plano é um sonho e sonhos são para ser vividos!
Acordar depois de uma noite de muito amor e voltar a fazer amor,
 pra depois perambular, trocar idéias e entre um afazer e outro ouvir quero você,
quero fazer mais amor com você.
O tempo para, as horas não passa, a conta não chega.
O sol esquenta e desse outra cervejinha.
O coração bate forte, o ego eleva, o sorriso sai, ou melhor, nunca deixa.
Sinto-me um verdadeiro faraó, poderoso, começo a relaxar e apreciar a paisagem.
Diga-se de passagem, é tão linda como você que completa com seu sorriso e seus olhos que brilha e fala
e clanclama a atenção.

Ai... Como te desejei! Como fez falta! Sonhei um sonho, que você estava comigo naquela mansidão
de distância e que lugar bonito!
Será que nunca vou ter você em um momento assim?
Mas sonhar pode e viver também e quem tem esperança, tem planos e todo plano
é um sonho e sonhos são para ser vividos!
Acordar depois de uma noite de muito amor e sexo e voltar a fazer amor,
 pra depois perambular, trocar idéias e entre um afazer e outro ouvir quero você,
quero fazer amor com você.
O tempo para as horas não passa, a conta não chega,
mas o sol esquenta e desse outra cervejinha, o coração bate forte,
o ego eleva ai o sorriso sai, ou melhor, nunca deixa. Sinto-me um verdadeiro faraó,
poderoso, começo a relaxar e apreciar a paisagem, onde, diga-se de passagem,
é tão linda como você que completa com seu sorriso e seus olhos que brilha e fala e clanclama a atenção.

Autoria Orlando Oliveira em 18 de outubro de 2009.

http://www.recantodasletras.com.br/contos/2792716

Comentários
16/04/2011 19:53 - Orlando da Banda Pelo Menos
Obrigado Leandro... Que Deus te ilumine sempre.
18/02/2011 16:09 - leandro [não autenticado]
muitooooooooooooo bommmmmmmmmmmmm! gostei de verdade.parabéns pela criação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário