BANDA PELO MENOS

terça-feira, 29 de maio de 2012

Carência Adormecida!


Carência Adormecida!


FOTOS COM OS AMIGOS



MAIS CORDEL

CANTINHO DO CORDAL


TUDO PRONTO PARA RECEBER OS CONVIDADOS

PAINEL DO BOLO
PAINEL DO PALCO


Carência Adormecida!

Faz-me pensar
Porque és minha alegria
Procurei-te em vão
Encontrei meu violão
Toquei-o, mas não parei de pensar
Quase chorei, mas não parei de amar
Sempre procurando afeto 
Ou as chamas da paixão
Da minha paixão.

Fazendo com que o amor se alastre
Alem dos portões do paraíso
O paraíso do sertão
O baile lá na roça
Ou o balanço da rede
Já é tarde
A festa acabou.
Logo cedo é roça
Inchada
Labuta
Uma pinga
Pirão pra sustentar

Chapéu de palha, pra agüentar o calor
Cigarrin pra passar o tempo
E a chuva não cai
E o milho não cresce
E chegou à tarde
A noite tem mais forró
Hoje ela vem
E como ta linda
Convidei para uma dança
Ela aceitou
Ai como estou saciando
Essa minha carência adormecida de você.

Escrito em 19 de maio de 2012, por orlando oliveira.

COMENTÁRIO DOS POETAS DO RECANTO DAS LETRAS
 

02/06/2012 10:35 - SueliFajardo
Mais que um poema: uma canção de amor e alegria contagiante. Parabéns!!
LANDO COM MALU
NA FOTO TALLITA, LANDO COM MALU, DIEGO E ARTUR
LANDO E SÔNIA
TALLITA, EUGÊNIA E MALU
DIEGO E SEU IRMÃO
SÕNIA E TALLITA LINDAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário