BANDA PELO MENOS

domingo, 10 de junho de 2012

CANTO DE SEREIA

CANTO DE SEREIA
 FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
 NA FOTO LUMA DE OLIVEIRA
 UMA SEREIA NAS ONDAS
 FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
 DIA DO CHUCHI
 DIEGO NO VIOLÃO
 DESTAQUE O VIOÃO NA SALA
 MINHA PEQUENA MALU
 JÁ CRESCEU MINHA MALU TÁ LINDA
 LANDO E EU
 O PRESENTE
 LANDO
 FOTO DE ORLANDO OLIVEIRA
 EUGÊNIA
 LUMA
 EU E LANDO
 LUMA DE OLIVEIRA


CANTO DE SEREIA

Alegria e o amor sem fim definidos.
De onde vem à alegria?
Do mesmo lugar que vem o amor.
Comida, sexo, família, riqueza e poder,
são os desejos dos homens em prioridade.
A paz sublime da alma e do fogo de nos pecadores,
entranhável através dos ouvidos pela sua voz,
que de alegria viveu o olhar.
Guardado na sua singularidade dos encontros,
onde a fome saciada do sexo e a riqueza do símbolo
do amor maior,  maior que o pecado do auge.
Fazendo valer apenas o risco de ser livre em forma de
cântico de amor, por que cantar é a forma de expressão
de estar vivo. Sem está privado de sua liberdade, autorizado
a amar ao som de Náiade.
Enfeitiçado pelas suas canções até o silêncio.
Não importa de onde vem o amor, a alegria,
que venha feito o ar que respiramos. 
Que venha em forma de brisa perfumada,
que venha em sucessivas ondas,
leve e gostosa feito pudim de leite ou um vôo de asa delta.
Como já disse que venha de qualquer forma,
pois o amor nasce, cresce, se reproduz e vive
e estando bem humorado é fundamental
para atrair semelhantes estados.
Vamos levantar essa bandeira.
Bandeira essa que é o lema da Banda Pelo Menos,
alegria e amor, por que atrás da Pelo Menos
menina pula e grita fervilhando no frevo e no forró.
Viva São João, viva a alegria e viva o amor.

Escrito em 02 de junho de 2012, por Orlando oliveira.

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3703897

 COMENTÁRIO DOS POETAS E  POETISA DO RECANTO DAS LETRAS SOBRE O CANTO DE SEREIAS



08/06/2012 16:14 - DalvaLucia
VIVA!VIVA!A ALEGRIA E AO AMOR!Nossa!SINTO MEUS PÉS NA AREIA DANÇANDO O FORRÓ COM UMA SAINHA BEM CURTINHA COM UM CABOCLO ARRETADO ME FAZENDO DE BONECA AO SOM DA BANDA PELO MENOS. QUE SATISFAÇÃO ENCONTRA-LO POETA NO JARDIM DA HELCINA.saudades!

08/06/2012 11:55 - Mario Antonio Reis
Caro amigo,grato pela visita.Belo poema.Uma canção falando da alegria do amor. Abraço

07/06/2012 02:27 - Vera Scherer
Amei! Muito alto astral.Fiquei com muita vontade de visitar Aracaju e dançar ao som da Banda Pelo Menos.Não tem vídeo postado no Youtube? Um abraço, Poeta.

06/06/2012 22:22 - dilcetoledo
Um cantar de sereia sereno e suave, entrelaçado pela criatividade de sensíveis versos. Parabéns Poeta! Obrigada pela carinhosa visita. Abraços - dilce

06/06/2012 14:35 - Zeni Silveira
Ler poesia tão bela já é demais presaroso,imaginas quando contada por um conterraneo. Uma linda poesia. Parabéns poeta.

Um comentário:

orlando disse...

05/06/2012 17:45 - Facuri
Bom tarde- estimado amigo sergipano e poeta Orlando!!! Que alegria sua visita!!!! Obrigado por palavras tão carinhosas, - nos alenta ler!...Viva sua banda, Viva as NINFAS AQUÁTICAS para nosso deleite e sorte de NETUNO...rsrs e viva esta alegria em benção e em saúde e viva vc meu amigo!...abrçs fraternos paulistanos!

03/06/2012 21:21 - Raquel Delvaje
Amor e alegria que venha sempre, venha em forma de vento, de brisa, de sol, de chuva, não importa. Importa que venha. Adorei seu poema. Um grande abraço.
Comentar

Postar um comentário