BANDA PELO MENOS

quarta-feira, 6 de junho de 2012

CANTO DE SEREIA

  CANTO DE SEREIA

 LUA DO DIA 5 DE JUNHO DE 2012, LINDA

 MESTRE ORLANDO COM A CATEDRAL NA CABEÇA, A RAINHA MARINALVA E O MESTRE EUQULIDES.
 PASTORIL E SUAS MENINAS LINDAS, A PRIMEIRA SARA, ROSE, SALETE JAQUELINE
 NA FOTO SARA,ROSE, RITALORENÇO, SALETE E A DRA LURDINHA
 NA FOTO ROSEMBERG, LURDINHA, EMBAIXO DESTACO SÔNIA TODA DE BRANCO E EDVAM DE JAQUETA
 MAIS GENTE BONITA 

 CANTO DE SEREIA

Alegria e o amor sem fim definidos.
De onde vem à alegria?
Do mesmo lugar que vem o amor.
Comida, sexo, família, riqueza e poder,
são os desejos dos homens em prioridade.
A paz sublime da alma e do fogo de nos pecadores,
entranhável através dos ouvidos pela sua voz,
que de alegria viveu o olhar.
Guardado na sua singularidade dos encontros,
onde a fome saciada do sexo e a riqueza do símbolo
do amor maior,  maior que o pecado do auge.
Fazendo valer apenas o risco de ser livre em forma de
cântico de amor, por que cantar é a forma de expressão
de estar vivo. Sem está privado de sua liberdade, autorizado
a amar ao som de Náiade.
Enfeitiçado pelas suas canções até o silêncio.
Não importa de onde vem o amor, a alegria,
que venha feito o ar que respiramos.
Que venha em forma de brisa perfumada,
que venha em sucessivas ondas,
leve e gostosa feito pudim de leite ou um vôo de asa delta.
Como já disse que venha de qualquer forma,
pois o amor nasce, cresce, se reproduz e vive
e estando bem humorado é fundamental
para atrair semelhantes estados.
Vamos levantar essa bandeira.
Bandeira essa que é o lema da Banda Pelo Menos,
alegria e amor, por que atrás da Pelo Menos
menina pula e grita fervilhando no frevo e no forró.
Viva São João, viva a alegria e viva o amor.

Escrito em 02 de junho de 2012, por Orlando oliveira

 
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3703897

Nenhum comentário:

Postar um comentário