BANDA PELO MENOS

domingo, 10 de junho de 2012

RUTILAR


 DUAS BONECAS, LINDAS. LUMA DE OLIVEIRA
 PAISAGEM DO RIO POXIM EM ARACAJU-SE
 NA FOTO LUMA DE OLIVEIRA
 MATHEUS E LANDO
 EUGÊNIA E LANDO
 O CHARME DE DUAS FLOR
RIO POXIM


Rutilar!


Faz-se o silêncio!
Do mais feroz tormento
A luz, a chuva, o vento.
Lábios ingênuos e puros, das cinzas em que arda, a voz ativa,
 clamando a sua grandeza de espírito. 


Cariciosa e lenta à noite
Aqui estou eu outra vez 
Com toda força de instinto indomável
Sempre em busca de luz.


Sou invencível, sou muralha, sou madrugada
Que não preciso chorar 
Ao findar de uma paixão
Que acabou de acabar.


Disperto do último sono
Onde desnuda no silêncio
Pois o sol inflama e semeia
A que estão sempre a brilhar.


Escrito em 23 de abril de 2011, por Orlando Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário