BANDA PELO MENOS

segunda-feira, 11 de junho de 2012

SEM VOCÊ!

SEM VOCÊ!

MINHA FÉ


ESPANTALHOS


 MURAL EM HOMENAGEM A LUIZ GONZAGA


ARRANJO DE FRUTAS E CACHAÇA DA BOA

SEM VOCÊ!

Dizer que é fácil não é
Seguir a vida com sentimento de falta
Vagando entre as letras
De um destino sem escolhas

Minha alma vaga feito zumbi
Minha dor aumenta de lembranças
Minha alegria se mistura com saudades
Dos tempos que era feliz e não sabia

De fato ainda vejo em meio as nuvem
Que de nubladas esconde o carinho
De um amor carente
Que hoje anda sozinho

Meu coração mareja
Meus olhos pulsão
Meu cantar traqueja
Meu eu chora

Minha esperança e voltar
Aos teus braços agarra
De tua boca ouvir falar
De tuas mãos acariciar
A mim Para outra vez sorri!

Escrito em 10 de junho de 2012, por orlando Oliveira.

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3717429

COMENTÁRIO RECEBIDO DOS POETAS E POETISA DO RECANTO DAS LETRAS.

11/06/2012 10:14 - Rosa D Saron
Um poema cheio de saudade de tempos vividos e abraçados junto ao ser amado...Orlando,amei!Parabéns e abraços de ternura!
 
11/06/2012 10:02 - maria luiza bremide
Fiquei encantada com sua poesia .Honre -me com sua visita no meu cantinho.
 
11/06/2012 09:12 - Mein Hertz
Q amor lindo!!! Parabéns, um belo texto, bjsss

Um comentário:

orlando disse...

Comentários
11/06/2012 09:12 - Mein Hertz
Q amor lindo!!! Parabéns, um belo texto, bjsss

Postar um comentário