BANDA PELO MENOS

sábado, 1 de setembro de 2012

UM NOVO SOL

Um novo sol!

Conheço teu calor
Conheço teu amor
Conheço tua boca
Conheço teu sorriso
Conheço teu suor
O abraço que arrepia
Da saudade que não mata,
mas corroí feito maresia.
Feliz é aquele que tem consigo o dom da paciência
Pois o simplesmente esperar é uma prova de amor
Que é recompensado com o carinho do amor verdadeiro
Da paixão que alimenta a falta
Do fogo que nada apaga
Nem a tempestade de chuva e nem o tempo que voa
Pois o resultado do amor é feito o brilho das estrelas
Na pele humedecida do suor do seu rosto.
Contrastado com o por do sol
Próximo ao último adeus.
Se prometendo a felicidade do nascer de um novo sol.

Escrito em 28 de agosto de 2012, por Orlando Oliveira.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3853861



RIO SERGIPE
MARGEM DO RIO SERGIPE
PARA CONTINUAR A FARRA RECEBEMOS AS VISITAS DE LUIZ E RITINHA

RÓ, ANDREIA, LANDO, RITINHA E LUIZ
ROGÊRIO, AMANDA, LANDO RITINHA E LUIZ
SORRISO DE RITINHA
SORRISO DE EUGÊNIA
RO, LUIZ, EUGÊNIA,LANDO,RITINHA E AMANDA
RÓ, LUIZ E LANDO












MEU CUNHADO MUITO DOIDO, QUE TANTO GOSTO, NESSE DIA ELE CANTOU
DALLILA

OLHA A PROVA AI GENTE, QUEM TÁ CANTANDO? RÓ E QUEM TÁ NA PERCUÇÃO?....

Comentários

01/09/2012 10:25 - Gilvania do Monte
Lindo demais, abraços...!

30/08/2012 10:24 - Oliveira Rosa
BOM DIA!......ROMANTISMO E SENSIBILIDADE EM BELOS VERSOS, PARABÉNS!..OBRIGADA PELA INTERAÇÃO NO POETRIX(NUA) JÁ ESTA POSTADO....UM FORTE ABRAÇO

29/08/2012 13:37 - edna fialho
Talento, sensibilidade e palavras tecidas com carinho e suavidade. Parabéns!

28/08/2012 19:15 - Cecília Blue
Sua poesia é suave, romântica, e verdadeira. Apreciei-a bastante. Parabéns! Boa noite, abraços.

28/08/2012 19:13 - PauloRobertus
Parabéns pelo talento, bela poesia, obra valorosa.Meu recanto te aguarda, explore-o como achar melhor, a casa é sua, faça de le seu cantinho.Grde abraço.

Um comentário:

orlando disse...

Ser Feliz!
Ser Feliz é poder pagar as contas no fim do mês e que sobre um pouco para poder usufruir com saúde uma cervejinha com os amigos.

Escrito em 17 de junho de 2011, por Orlando Oliveira

Postar um comentário