BANDA PELO MENOS

domingo, 5 de maio de 2013

Doce mulher!

Doce mulher!

 

Doce mulher

Olha a hora
Reclama o coração
Sem compreender
O motivo ou razão
Por que demoras.

O que sente o amor
Quer consentimento
Fala com o olhar
Sente no coração
Um apetite de fome

Meu único desejo
Como se fosse minha
Fome de você
Está com você
Amar você

Daqui sinto o cio
Que brota de te
Um gosto gostos
Aspecto de amante
Optou pela flor

O elo que falta
Não posso negar
Quero te amar
Nem que seja no olhar
Uma doce mulher

Escrito em 05 de maio de 2013, por Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 05/05/2013
Código do texto: T4275982
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto da Letra de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.




Comentários 

05/05/2013 23:55 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amiga da poesia. Um recado a amada, demoras às vezes necessários na contra mão do tempo. "Olha a hora, Reclama o coração, Sem compreender, O motivo ou razão, Por que demoras". Parabéns pela beleza de sua alma. Abraço poético
05/05/2013 22:51 - My Guel
Muito bom! parabéns ao poeta e a musa inspiradora. Convido-te a visitar-me. Um abraço

05/05/2013 22:23 - Nana Okida
Uma doce forma de amar poeta...Beijos!

Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 50 anos
427 textos (13520 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/13 00:50)

Um comentário:

orlando disse...


Realidade

Poesia espira momentos de alegria e tristeza, de satisfação e insatisfação, que nós cega da realidade.

Escrito por Orlando Oliveira em 17 de março de 2013
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 24/04/2013
Código do texto: T4257971
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto da Letra de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários
25/04/2013 21:07 - Marta Cavalcante Paes
Amigo de a poesia Orlando. A poesia me encanta, viajo no mundo da poesia em mundos emocionais. A alma é retratada em forma de poesia, momentos únicos de pura magia. Parabéns pela sensibilidade de sua alma. Abraço poético

24/04/2013 23:52 - Mindim
Muito bom, escreveu a realidade, parabéns.
Comentar

Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
436 textos (13840 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/05/13 21:24)
Perfil
Textos

Postar um comentário