BANDA PELO MENOS

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Eu você e meu sorriso!

Texto

Eu você e meu sorriso!

Nada me faz desistir de você
Nada me faz esquecer o teu sorriso
Nada me faz desistir de sorri
Nada me faz desistir dessa estrada
Pois o sorriso de hoje é puro amor
O sorriso em teu rosto vale mais que ouro.
Atrás de teu sorriso esconde um baú de mistérios
Um sorriso não apaga o sofrimento vivido, mas disfarça
a real dor sentida pelo coração.
Carrego meu sorriso esperando que nada possa arranca-lo de mim
Às vezes falta o sorriso, principalmente quando vejo a realidade da dor.
O bom é sorrir e sorri sempre é viver de bem com a vida, mesmo quando
 somos forçados a chorar.
Meu sorriso é provocante, sempre chama o seu de volta.
Principalmente pelos momentos vividos
Meu sorriso é soberano quando te encontra sorrindo
Ao término do teu choro vem sempre um sorriso de satisfação
Preciso com urgência ver teu sorriso de volta, não tenho muito para te dar,
 mas tenho tudo que posso oferecer, o meu sorriso.
Vejo teu sorriso embutido em teus olhos, mesmo quando não pode sorri como querias.
Acordei hoje sorrindo, pois sexta feira 13 é dia de amar e sorri.
Escrito em 13 de julho de 2012, por Orlando Oliveira.

 
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 16/05/2013
Reeditado em 17/05/2013
Código do texto: T4293943
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários



16/05/2013 23:59 - Lianatins
Magnífica poesia escrita com o coração,poeta amigo da poesia Orlando! Fico admirada na maneira como consegue colocar sentimento, emoção, beleza em todos os seus textos! Entendi que escreve mesmo com o coração e a alma de poeta,parabéns!Um abraço de paz e luz.

16/05/2013 16:51 - Robson Alves Costa

Bela declaração de amor, poeta. Convido-o a ler OLHOS DE GUEIXA e LAGO AZUL. Abraços e até breve.

Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
436 textos (13839 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/05/13 20:20)
G

3 comentários:

orlando disse...

Texto
Liberdade!
É na escrita que encontro a liberdade e é no meu silêncio que viajo nas letras!

Escrito em 06 de maio de 2013, por Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 06/05/2013
Código do texto: T4276309
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto da Letra de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários
13/05/2013 19:28 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia. É na liberdade que pegamos um planador e voamos bem alto, na pureza e beleza da inspiração. Parabéns para maravilhosa e inspirada criação. Abraço poético

08/05/2013 15:47 - poeta José
Perfeita obra...Sim cavalgas com total liberdade...Em palavras que expõe todo seu sentir...A encantar a muitos...Olha eu aqui a babar...Em contemplação de pura admiração...Amigo postei...Venha amado poeta e amigo...

07/05/2013 14:35 - Lianatins
Concordo com sua frase amigo poeta Orlando!Sempre temos que sentir liberdade quando escrevemos,parabéns! Uma bela tarde desejo,com muita paz.

06/05/2013 10:40 - Mariafeliz
Bravo!! Declaração poética, a alma do poeta está aí. abraços amigo
Comentar

orlando disse...

LANDO!

Quando eu venho aqui
Me viro no diabo
Faço versos, canto e falo.
Sou pior que radiola
Se me der uma cuia e uma viola
Me ajoelho e peço esmola...
Igual criança no serrado!

Vou deixar no seu mural
O que tenho de melhor
A lembrança de um amigo
O meu orgulho maior
De saber que no caminho
Sei que nunca andei sozinho
Só digo o que me convém
Peço para Lando uma salva de palmas
Para meu amigo parabéns...

Aqui já me reuni
Com diversos companheiros
Amante da boa musica
Da viola e um violeiro
Da arte de fazer ri
Estou novamente aqui
Cantando com meu parceiro...

Escrito em 21 de maio de 2013, por Arnaldo da Viola.

Arnaldo um amigo companheiro,
um dos melhores violeiro que conheço!
Sempre traz consigo teu sorriso
Que anima o mundo inteiro...
Quero nesse momento agradecer
Sua presença e gentileza
Nessa festa de aniversário
em que homenageia o companheiro...
Com sua poesia o presente,
dedicada de coração
A seu admirador Lando o teu irmão...

Obrigado Arnaldo pela alegria que me deixou...
De Orlando Oliveira para Arnaldo da viola.
Escrito em 21 de maio de 2013, por Arnaldo e Orlando Oliveira.

orlando disse...

Tua alma!
LANDO!

Quando eu venho aqui
Me viro no diabo
Faço versos, canto e falo.
Sou pior que radiola
Se me der uma cuia e uma viola
Me ajoelho e peço esmola...
Igual criança no serrado!

Vou deixar no seu mural
O que tenho de melhor
A lembrança de um amigo
O meu orgulho maior
De saber que no caminho
Sei que nunca andei sozinho
Só digo o que me convém
Peço para Lando uma salva de palmas
Para meu amigo parabéns...

Aqui já me reuni
Com diversos companheiros
Amante da boa musica
Da viola e um violeiro
Da arte de fazer ri
Estou novamente aqui
Cantando com meu parceiro...

Escrito em 21 de maio de 2013, por Arnaldo da Viola.

Arnaldo um amigo companheiro,
um dos melhores violeiro que conheço!
Sempre traz consigo teu sorriso
Que anima o mundo inteiro...
Quero nesse momento agradecer
Sua presença e gentileza
Nessa festa de aniversário
em que homenageia o companheiro...
Com sua poesia o presente,
dedicada de coração
A seu admirador Lando o teu irmão...

Obrigado Arnaldo pela alegria com que me deixou de receber de você essa homenagem...
De Orlando Oliveira para Arnaldo da viola.
Escrito em 21 de maio de 2013, por Arnaldo e Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS e Arnaldo da viola
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 29/05/2013
Código do texto: T4315911
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto da Letra de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas

Postar um comentário