BANDA PELO MENOS

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

O SOL NO MEU ACONCHEGO!

Muitas vezes quando ele chega eu fico a imaginar.
De onde vem tamanha beleza?
Acho que vem de onde nasce a esperança!
E onde nasce a esperança?
A esperança nasce todas as manhas em forma de
energia, toda vez que o sol vem nos visitar...
De um jeito especial aquecendo-nos do frio e curando
da solidão da noite revelando os sonhos.
Toda vez que ele entra no meu quarto é sempre de
mansinho, invadindo nosso ninho de amar.
Ai é quando me lembro dela e sigo a trilha iluminada
de uma noite de luar.
Sinto o cheiro de uma vereda muitas vezes perfumada.
Aquela que em sonho eu me guiava!
Lembro o beijo e o sorriso de efeito...
Sempre dar um jeito de dizer que vai voltar...
Como o sol que no outro dia vai brotar raios!
Traspondo barreiras imaginárias do amor que idealizou
Confortando-nos do medo muitas vezes da dor...
Hoje com a certeza, tudo são método e energia.
Na vida, tudo é dedicação e nada mais se não magia.
O que mais desejo agora é está na mira dela
e um sol a nos encher de luz e alegria.

Escrito em 27 de setembro de 2013, por Orlando Oliveira.
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 27/09/2013
Código do texto: T4500060
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado
crédito ao autor original (Endereço da obra, Recanto das Letras de Orlando Oliveira.).
Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

01/10/2013 03:47 - Maria Aranilda de Araújo
Simplesmente belo, sensacional, parabéns meu querido!!
me visita com: ECOS DE UM... Bjs com carinho. Aranilda

01/10/2013 00:41 - Leti Ribeiro
Do sol nasce a energia, nasce também o amor!
 PARABÉNS poeta pela belíssima inspiração.
Que Deus te abençõe. abraços poéticos!

30/09/2013 19:44 - JJ DE SOUZA
Belos versos, ricos de ler, entender e sentir,
palavras contadas em melodias distantes que aproxima
as pessoas,sempre que passamos os olhos em versos
 melhoramos compreendemos a vida ,

30/09/2013 19:25 - Jô Pessanha
Que este mesmo sol ilumine seu coração sensível e te
inspire com belas poesias como esta.
Parabéns querido poeta amigo. Um abração.

29/09/2013 01:18 - Lianatins
"A esperança nasce todas as manhas em forma de energia"...
que belas palavras você escreveu amigo poeta Orlando!
Cada manhã traz uma benção escondida;
 uma benção que só serve para esse dia e que não se pode
 guardar nem aproveitar...Como é lindo ver o dia amanhecer,
com o sol espreguiçando, e começando a nascer!
 Desejo um bom domingo cheio de paz e luz,Liana.

28/09/2013 13:44 - Adriano J Santos
Boa tarde, Orlando! Um lindo texto com tua marca registrada.
És um distinto poeta. Um grande abraço.

27/09/2013 16:47 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia. Uma belíssima construção poética.
Com sua marca registrada,
inspiração que brota de um coração com alma sensível.
 Parabéns pela beleza de sua inspiração. abraço poético

27/09/2013 08:14 - Ilmar
Aplausos, amigo! Um grande abraço!


Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
516 textos (15937 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/10/13 06:22)
 CACHAÇA DA BOA
 NA FOTO EUGÊNIA, EDNA E SUELY
 UMA LINDA GATA
ARNALDO NA VIOLA E CESAR FROSS
 ABDIAS E ROGÉRIO
 LANDO E LUIZ
 SÓ ALEGRIA COM A TURMA DO SID FORRÓ
 TRAQUINOS
 A GALERA DE MACEIÓ
 PAPEL, CANTA MUITO ESSA AI!
LANDO, PABLO, LUMA, RENATA E DE RASPÃO EU!
LANDO E SOLANGE
SAIDA DO TRABALHO, DEPOIS DE UM JORNADA
 LANDO, EUGÊNIA, RENATINHA,
  LUMA E PABLO AO FUNDO.
 OZAEL
 LANDO E MARTA
LANDO E SANY
 SID, FORRÓ TRAQUINOS
ARNALDO, LANDO E PEDRO
 LANDO E FUMO DE GASTO
 JANIO PORTO, LAERTO, LANDO,
  FUMO DE GASTO E NISSINHO
 LANDO , EU E SUELY
 LANDO ALEX E O MAESTRO DA
SANFONICA DE SERGIPE EVANILSON
 ARTISTA DE MACEIÓ, COM LANDO DE CHAPÉL

Um comentário:

orlando disse...


O BELO!


O belo agora é feliz!
De sua tristeza restou só lembrança
De que um dia foi triste...
Nunca saudades!
O belo não é feio
Por que perdoou
Doou-se...
Ao amor e se entregou a flor!
Com sua dor, sonha com sua estrela
Mas como belo
Rendeu-se a esperança!
Por que sendo belo ele produz!
Amor para quem não o tem...
A mão para ajudar a levantar
E o sorriso de quem muitos precisam!
Ser belo é ser amado
Ser belo é amar o irmão
Ser belo é levar alegria
Ser belo é ter luz interior
Ser belo é doar seu coração em vida...
Ser belo é ter sua própria Fé em Deus...
Ser belo não é se achar que é belo
e sim que achem que ele é!
O belo vem do centro da alma...
Escrito por Orlando Oliveira em 18 de setembro de 2013.


ORLANDO DA BANDA PELO MENOS

Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 19/09/2013
Código do texto: T4489206
Classificação de conteúdo: seguro







Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

















Comentários






24/09/2013 14:24 - Marta Cavalcante Paes

ORLANDO amigo da poesia. Só mesmo alguém com uma beleza interior é capaz de exteriorizar uma linda inspiração, sua poesia é linda pura e angelical. Parabéns que Deus te Ilumine sempre e que nossos corações receba sempre suas lindas inspirações. Abraço poético


20/09/2013 16:31 - Ilmar

Muito inspirado, amigo! Parabéns!


19/09/2013 19:51 - Meri Viero

A beleza transcende a matéria, resplandece em luz que a alma irradia, lindíssima poesia, Orlando, bjos e boa noite.


19/09/2013 19:41 - Jô Pessanha

Lindos versos querido poeta das belas letras. Uma pena que nem todos conseguem ver a beleza interior e se levam apenas pela aparência e é bom saber que as aparências as vezes enganam. Abraços.

Postar um comentário