BANDA PELO MENOS

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

UM AMOR SÓ MEU!

Esperava um sim!
Nessa tarde encantada...
Aquela que fazia tempo não ter.
Pude ver de perto teus olhos
Em momentos o brilho marcante!
Em outro a emoção tomar conta feito
felicidade em lagrimas cristalinas.
Aquela que remete aos pensamentos...
De quanto são felizes e que ainda falta para sorrir!
Foi uma simples leitura, de versos de amor,
marcante que levou a reflexão...
Surgiu nesse momento a oportunidade de
saciar o desejo carnal...
De por em pratica as caricias imagináveis;
De sentir o gosto de sua boca!
O sabor da saliva do amor!
Mas não, um não se fez mais forte.
Um não que ficou na lembrança
Um não da promessa do amanhã
Um não que do fundo da alma foi um sim.
Mesmo não se concretizando...
Mas foi o suficiente
Como o amor que se faz presente
Do beijo da saudade que não deram...
Restou à vontade e a certeza que o
amor não morre...
Por que o amor resiste ao tempo
O amor resiste a sua falta
O amor resiste às adversidades
De um amor que chora entre o brilho de
seus olhos e o seus desejos, pedindo que venha,
dizendo que quer e que jamais morre esse amor.
Para ele sussurra que é só teu o meu amor...


Escrito em 22 de setembro de 2013, por Orlando Oliveira...
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 22/09/2013
Código do texto: T4492587
Classificação de conteúdo: seguro


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
 Você pode copiar, distribuir, exibir, executar,
 desde que seja dado crédito ao autor original
 (Endereço da obra Recanto das Letras de Orlando Oliveira.).
Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Você não pode criar obras derivadas.




Comentários

29/09/2013 01:26 - Lianatins
Belissima poesia amigo poeta Orlando,
como sempre me encanto com a beleza e
intensidade dos seus textos, tão bem
trabalhados com esmero poético!
Sua inspiração é algo sublime,
escrita com sua maestria, em mais uma
de tantas preciosidades literárias de sua autoria
,parabéns!
Um bom domingo desejo com muita paz,Liana.

24/09/2013 18:05 - Maria Aranilda de Araújo
Excelente poesia, sensacional meu querido,
 parabéns!! me visita com: VAZIO,
 bjs com carinho. Aranilda

24/09/2013 14:39 - Marta Cavalcante Paes
ORLANDO amigo da poesia.
 Uma poesia forte de sentimentos avivados
com sua essência que vem do coração.
Como sempre nos presenteando poesia e
 sua maravilhosa inspiração.
Parabéns pela beleza de sua poesia.
 Abraço poético

23/09/2013 10:39 - Rosa das Oliveiras
Um amor verdadeiro resisto a tudo, ao tempo,
ao vento e fica eternizado pra sempre as lembranças....
belo e sensível versejar...
boa semana a vc e os seus!!! abraços

23/09/2013 00:43 - Ilmar
Mais uma excelente criação!
Um grande abraço, amigo!

22/09/2013 14:31 - Meri Viero
Belíssima criação, Orlando,
 o amor resiste ao tempo,
permanece entre sonhos e saudade,
 linda inspiração, bjos e boa tarde.

22/09/2013 09:13 - Jô Pessanha
Belos versos construindo uma linda poesia de amor.
Parabéns e receba o meu fraterno abraço.

22/09/2013 08:21 - Nana Okida
O beijo que não foi dado,
 deixa o sabor de saudade no ar.
 Menino, isto é amor virtual...então,
 existe de verdade! Beijão!

22/09/2013 08:11 - JCR
O beijo da saudade é aquele que vai ficar até o voltar
Sobre o autor
ORLANDO DA BANDA PELO MENOS
Aracaju/SE - Brasil, 51 anos
516 textos (15937 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/10/13 06:22)
 FAMÍLIA REUNIDA PARA COMEMEMORAR
O ANIVERSÁRIO DO MANO DILSON
LANDO, CRISTINA E EUGÊNIA
 LANDO COM SR ALOISIO E DONA DILZA
NA CASA DE PRAIA DO MANO LULA
 MANA SELMA, MANO DILSON, LANDO COM
SEU PAI ALOISIO E MANA SÔNIA
MEUS COROAS QUE TANTO AMO
SR ALOISIO E DONA DILZA

 LANDO
 SELMA, DILSON,LANDO AL E SÔNIA
LANDO E SUA MANNA SELMA
LANDO
MINHA INSPIRAÇÃO E QUE TANTO AMO
MINHA PRIMEIRA E AMADA SOBRINHA
TALLITA E MALU
LANDO COM A CAMISETA DE MALU
TALLITA E MALU
SELMA E SEU CHARME
AS PRIMAS IANA LUA, MARINA E IASMIM
PEDRO, SELMA E LANDO
SELMA. LANDO E ARNALDO
EUGÊNIA SOLTANDO A VOZ
LANDO E MINHA PRINCESA LUMA DE OLIVEIRA
SELMA E LANDO
LANDO NO TRIÂNGULO
LANDO NO VOCAL E ARNALDO NA VIOLA
LANDO PAI, E LANDO FILHO
MARINA DEMOSTRANDO CARINHO A SEU TIO
MARINA E LANDO
SELMA E JUNIOR
LANDINHO SOLTANDO A VOZ
SUELY, EU E SELMA
EUGÊNIA E SELMA
LANDO DIZENDO
PONTO.


Um comentário:

orlando disse...


Alegria!

Alegria!

Minha alegria é a mesma!
É aquela que te ofereço
Se assim você desejar, que fique...
Conto com você para nossa harmonia
Estando com você nem preciso perguntar...
Eu sei, nem uma estrada é tão longa
Que não possamos chegar, lar!
Acredito no momento
Em um novo nascer do sol,
No sol de cada dia, vida...
Como as águas que caem
suas causas e seus medos!
Às vezes por ser muita
muitas vezes por não ter!
Tsunami é movimento
Tsunami é movimento
e pororoca da pra surfar!
pororoca da pra surfar!
Trocar de carinho,
de sorrisos com ideais.
Acredito nas ideias!
Acredito no amor,
no amor real e na dor!
Acredito na força do amor,
na força do amor.
Na força da esperança
Acredito nessa lambança
Acredito nessa estrada
E no repartir o pão...
Você é meu irmão!
Você é meu irmão...
Acredito na mudança
e o rumo dessa história!
Por que tudo é movimento
e nada fica no lugar,
Sem gloria!
Tudo é movimento!
Chega, chega de lamento!
Por que tudo é movimento...
Alegria, Alegria é está.
a pegar na sua mão!
Ouçam o ronco do trovão
Prepara que vai chover!
A chuva cai no porão
Por que tudo é movimento!
e nada fica no lugar!
Alegria, alegria por quê?
Tudo é movimento e Tsunami é só lamento
Tudo é movimento e Tsunami é só lamento
Pororoca da pra surfar!
E pororoca da pra surfar!
Minha bebida é a mesma!
Aquela que te ofereço
Se assim você desejar
Então vamos beber!!!

Escrito em 11 de setembro de 2013, por Orlando Oliveira.


ORLANDO DA BANDA PELO MENOS

Enviado por ORLANDO DA BANDA PELO MENOS em 13/09/2013
Código do texto: T4479569
Classificação de conteúdo: seguro







Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Endereço da obra. Recanto das Letras de Orlando Oliveira.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

















Comentários






14/09/2013 22:56 - Leti Ribeiro

Que texto bem humurrado, parabéns! Alegria, Obrigada pela visita em minha escrivaninha! Abraços poéticos.


13/09/2013 21:48 - CONCEIÇÃO GOMES

De repente me vi ouvindo esta bela poesia musicada e cantada por algum bom cantor. E que a harmonia cresça e apareça entre irmãos.


13/09/2013 18:00 - Ilmar

Genial! Um abração, amigo!


13/09/2013 09:18 - Marta Cavalcante Paes

ORLANDO amigo da poesia. ALEGRIA é meu sentimento ao ler sua poesia, cada palavra escrita tocou-me pois, acredito nesta vibração positiva mesmo nas adversidades. Parabéns pela beleza de sua inspiração. Abraço poético


13/09/2013 08:20 - JJ DE SOUZA

pensamento poetico, prosa poetica, muito bom, as vezes escrevemos poesia e não imaginamos a repercusão, convido a ler o texto Perdas...sobre a questão da mulher, mãe


Comentar

Postar um comentário